segunda-feira, 30 de junho de 2008

6ª Etapa Super Classic 28/06/2008

Sábado, sol, temperatura agradável, espaço sobrando em vários boxes, tudo a favor de uma boa prova, mais o pequeno espaço entre as três corridas do mês de junho fez com que alguns pilotos ficassem de fora da 6ª Etapa, uns pelo pouco tempo que tiveram para arrumar carros e motores que foram danificados na 5ª Etapa e nos 500 km, outros pelo fator financeiro que também pesou afinal só de inscrição das provas de junho o total foi de R$ 1.820,00 sem contar outros gastos que somando chegam ao mesmo valor das inscrições ou até mais dependendo dos pilotos e da equipe que ele corre, mesmo assim largaram 23 carros pela Super Classic e 6 pela Copa Fusca.Quem estava acostumado a ver várias disputas durante a prova achou essa etapa um pouco chata, de dentro do carro também tive a mesma opinião de algumas pessoas que assistiram a prova e também de alguns pilotos que conversei depois da corrida, os 23 carros se espalharam nos 4.309 metros da pista e só se encontraram novamente no parque fechado... Está mais do que na hora de retornar o pacecar na metade da prova, são carros muito diferentes, sem contar que são 3 motorizações usadas pelos carros e a diferença por volta do ponteiro da geral para o último oscila entre 25 e 30 segundos por volta, é muita coisa em 15 voltas...
Logo após a classificação tivemos o Breifing que pela primeira vez foi realizado no Box 01, o Ernesto como sempre conversou, tirou sarro de alguns e pediu especialmente para os ponteiros na hora da largada que viessem desde a subida da junção a uma velocidade mais baixa e constante para que a lagarda fosse igual para todos para não prejudicar ninguém do meio do pelotão até o fim, só que se esqueceu de avisar o cara do pacecar que depois da junção enfiou o pé e o grid subiu todo desarrumado e espaçado, quem não tinha rádio nessa hora não sabia se acelerava ou segurava e com 29 carros no grid mais uma vez tinha carro no café quando foi dada a largada...
Vamos ver se para a 7ª Etapa apareceram mais carros...
As fotos estão aí...


Pela D2C1 faturei a quarta seguida...



Pela D2C2 Neto Carloni levou com 9 segundos de vantagem para o segundo que dessa vez foi João Caldeira com sua Porsche 46...


E pra variar Ricardo Malanga levou na D3 e na geral, quase 27 segundos a frente de Sebastião Gulla com seu Puma 51...

É isso aí todas as fotos estão no site http://www.velocidadeonline.com.br/

Até a próxima...

2 comentários:

Anônimo disse...

Soube através do site da Federação que em janeiro de 2008 a categoria supreclassic foi extinta sumariamente. Por fico em dúvida de quem está dizendo a verdade sobre esta categoria, vocês ou a federação????

Màrcio Justus - São Paulo

Renato Giordano disse...

Caro Marcio, muito obrigado pelo comentário...
Só não entendi muito bem a sua colocação sobre "dizendo a verdade", verdade sobre o que ???