terça-feira, 21 de outubro de 2008

GP do Café II - Londrina

O tempo esquentou dentro e fora da pista, alguns pilotos e preparadores esqueceram em São Paulo aquele velho espírito de amizade que sempre foi o principal elo entre todos na Super Classic, mais se até na F1 tem briga por que aqui seria diferente ???
Infelizmente aqui os prêmios não são por corrida e nem pelos milionários patrocinadores das equipes... Foi o que alguns pilotos mais antigos que também preferiram não participar dessa corrida disseram aqui mesmo semanas atrás "Está acabando a amizade e a alegria entre todos os pilotos e preparadores"...
Mais tudo bem, vamos a parte mais interessante da corrida fotografada pelo nosso fotógrafo e amigo que sempre nos persegue Rodrigo Ruiz...


Foto da pilotada antes da prova...

Largada lançada, mais segura e melhor para aqueles que tem a 1ª marcha longa...

Narcisão com seu Fusca 95, no GP do Café de 2007 travamos uma bela batalha pela liderança na D1, chegou em segundo em 2007 e em 2008 manteve a mesma colocação...

André Mello estreiando fora de Interlagos com seu Chevette 1.4 original chegou em terceiro na D1...

Adriano Lubisco também estreiando fora de Interlagos com o segundo Chevette 1.4 da equipe, pelo que vi no vídeo de uma das duas largada teve problemas com o motor da barata...

Aroldo Teixeira com sua Puma 18 1.6, foi um dos carros com que mais disputei posição na edição do ano passado foram várias voltas andando junto...
Esse ano chegou em 5º lugar na D2...

Rafael Preto ano passado andou pela D3 com um Chevette AP 2.0, mais esse ano optou em andar com um carro com motor original esse Puma 43 é um dos mais bonitos da categoria...
Esse ano chegou em 2º lugar na D2...
Waldevino Junior com sua Puma 27 1.6 original andou bem e chegou em 4º lugar na D2...

Roberto Francesconi com sua Puma 1.6 original também estreiando seu carro fora de Interlagos chegou em 3º lugar na D2...

O "grande" Rogério Tranjan com seu Passat 1.6 original andou muito bem esse ano e chegou em 1º lugar na D2. Ano passado andou com seu KG 12 que já não está mais entre nós, foi destruido no miolo em Interlagos...

Esse Lada 69 era o grande esperado no GP do Café deste ano mais acabou não saindo dos boxes por problemas no coração do carrinho que além de quebrado ficou partido e abandonado nos boxes, não foi dessa vez mais segundo Flavio Gomes da próxima não passa...

O Corcel Frankstein da LF foi pilotado por Flavio Gomes que acabou ficando a pé e foi pilotar o carro, segundo Flavio Gomes o carro anda muito bem, mais é feio pacas e tem peças de varios carros, carroceira de Corcel II, agregado do motor do Del Rey 1.8, motor de Santana 2.0 e suspensão de Gol, entenderam porque de ser chamado de Frank...
Hylton Silveira estreiando seu novo carro o Chevette 73 com motor AP 2.0 o mesmo que andou na edição do ano passado, Hylton abandonou aquela Puma laranja que já teve pelo menos uns 10 pilotos...

Alfredo Ghere com seu Dogde Polara AP 1.8 andou pela segunda vez em Londrina...

Hugo Borghi estreiou sua Brasília Ap 2.0 fora de Interlagos...

4 comentários:

Dinho Amaral disse...

deve ter sido muito legal ! pena esses desentendimentos , pois o melhor da categoria sempre foi a camaradagem !

Rodrigo Ruiz disse...

Não deu nem tempo de te avisar que as fotos já estavam no ar... quando vi vc já tinha postado tudo aqui... hehehe

E pelo jeito vc anda sabendo mais das fofocas do que eu que estava lá...

Vc fez falta lá :(

Renato Giordano disse...

Mandei dois espiões disfarçados de barreira de pneus gravaram tudo pra mim...hehehehe...

Anônimo disse...

Grande Renato,
mesmo não conseguindo correr por problemas no motor, o evento em Londrina valeu muito. Foi muito bem organizado e disputado.
Esse "clima quente" é natural em qualquer competição, desde carrinho de autorama até F1, mas nada que se resolva com uma "gelada" e um bom papo.

Abraço,
Adriano
Chevette #8